Para igualar 1º turno, São Paulo terá de ser quase perfeito em ‘finais’

O São Paulo fala em disputar 11 finais até o término do Campeonato Brasileiro como forma de se manter incentivado diante dos seguidos tropeços no segundo turno. Mas se quiser repetir a dose da primeira metade da competição, quando somou 41 pontos de 57 possíveis, quase não poderá mais errar daqui em diante.

Em oito partidas do returno, a equipe conquistou apenas 11 de 24 pontos possíveis – 45,8% de aproveitamento, contra 71,9% do primeiro turno. Com 33 pontos ainda em disputa, a conta é simples: para ao menos igualar os 41 da metade inicial do Brasileirão, precisará ganhar mais 30. Ou seja, a margem de erro é de apenas três pontos.

Difícil confiar na frieza dos números diante da queda de desempenho que tirou o time de Diego Aguirre do topo na última rodada e o derrubou para a terceira posição na tabela. Até porque os dois próximos compromissos são realmente finais antecipadas, contra Palmeiras (líder) e Internacional (vice).

“Clássico é um jogo a parte, temos 11 finais a partir de agora, não só o Palmeiras. Temos de fazer nosso dever de casa e sempre somar ponto fora, para conseguirmos o nosso objetivo, que é o título”, afirmou o lateral Reinaldo, após o empate (2 a 2) com o Botafogo, no domingo.

 

 

Fonte: Estadão

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.