Futebol Home São Paulo Times

Campanha atual do São Paulo só não supera a de 2007: veja comparações

Líder do Brasileirão, Tricolor tem 50 pontos após 25 rodadas disputadas. Desempenho é idêntico ao de 2006 (mas com saldo de gols maior) e perde só para o de 2007

Pela terceira vez na história do Brasileirão por pontos corridos com 20 clubes, o São Paulo encerrou a 25ª rodada na primeira colocação. Isso só havia acontecido em 2006 e 2007, anos em que o clube sagrou-se campeão com Muricy Ramalho.

Com 50 pontos, o time de Diego Aguirre tem desempenho idêntico ao de 2006 (14 vitórias, oito empates e três derrotas após 25 rodadas), mas com saldo de gols maior (17 a 16). A campanha atual só perde para a de 2007, quando o Tricolor tinha 53 pontos nesta etapa do campeonato.

Em 2008, ano em que também foi campeão, o São Paulo fechou a 25ª rodada com 42 pontos, em quinto lugar. O líder era o Grêmio, com 49.

PONTUAÇÃO E COLOCAÇÃO DO SÃO PAULO APÓS A 25ª RODADA:

2018 – 50 pontos (1º lugar)
2017 – 28 pontos (17º)
2016 – 34 pontos (12º)
2015 – 41 pontos (5º)
2014 – 43 pontos (3º)
2013 – 27 pontos (17º)
2012 – 39 pontos (5º)
2011 – 45 pontos (2º)
2010 – 34 pontos (9º)
2009 – 44 pontos (2º)
2008 – 42 pontos (5º)
2007 – 53 pontos (1º lugar)
2006 – 50 pontos (1º lugar)

Há um outro dado animador para a torcida são-paulina. Apenas três clubes que encerraram a 25ª rodada na primeira colocação não foram campeões do Brasileirão: Grêmio, em 2008, Palmeiras, em 2009, e Vasco, em 2011. Nenhum deles havia chegado aos 50 pontos que o Tricolor tem agora.

A PONTUAÇÃO DOS LÍDERES APÓS A 25ª RODADA:

2018 – 50 pontos – São Paulo
2017 – 54 pontos – Corinthians
2016 – 48 pontos – Palmeiras
2015 – 54 pontos – Corinthians
2014 – 53 pontos – Cruzeiro
2013 – 56 pontos – Cruzeiro
2012 – 53 pontos – Fluminense
2011 – 46 pontos – Vasco (Corinthians foi campeão)
2010 – 48 pontos – Fluminense
2009 – 47 pontos – Palmeiras (Flamengo foi campeão)
2008 – 49 pontos – Grêmio (São Paulo foi campeão)
2007 – 53 pontos – São Paulo
2006 – 50 pontos – São Paulo

Por outro lado, as equipes que chegam a esta etapa do Brasileirão em primeiro lugar costumam ter uma vantagem maior para o vice-líder. O São Paulo tem apenas um ponto a mais que o Internacional, algo que aconteceu em apenas outras três edições. Em 2006, o Tricolor tinha cinco pontos a mais que o Grêmio. Em 2007, a distância para o Cruzeiro era de oito pontos.

A VANTAGEM DO LÍDER PARA O VICE-LÍDER APÓS A 25ª RODADA:

2018 – São Paulo (1 ponto a mais que o Inter)
2017 – Corinthians (10 pontos a mais que o Santos)
2016 – Palmeiras (1 ponto a mais que o Flamengo)
2015 – Corinthians (5 pontos a mais que Atlético-MG)
2014 – Cruzeiro (6 pontos a mais que o Internacional)
2013 – Cruzeiro (11 pontos a mais que o Grêmio)
2012 – Fluminense (2 pontos a mais que o Atlético-MG)
2011 – Vasco (1 ponto a mais que o São Paulo)
2010 – Fluminense (1 ponto a mais que o Corinthians)
2009 – Palmeiras (3 pontos a mais que o São Paulo)
2008 – Grêmio (3 que o Palmeiras)
2007 – São Paulo (8 pontos a mais que o Cruzeiro)
2006 – São Paulo (5 pontos a mais que o Grêmio)

O São Paulo defenderá a sua liderança no sábado, às 16h, contra o América-MG, no Morumbi. O Internacional visita o Corinthians no dia seguinte, às 16h. Às 18h, o Palmeiras, que tem três pontos a menos que o Tricolor, encara o Sport no Recife.

 

Fonte: Lance

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.