Futebol Home São Paulo Times

Aguirre diz que juiz tirou a chance do São Paulo vencer e revela chateação de Diego Souza

Mesmo com a expulsão de Diego Souza, o São Paulo conseguiu buscar o empatou por 1 a 1 com o Fluminense, neste domingo (2), no Morumbi, em jogo da 22ª rodada do Campeonato Brasileiro 2018. Além da euforia pelo gol heroico de Tréllez, o sentimento era de injustiça com o camisa 9 são-paulino.

Em entrevista coletiva, Diego Aguirre exaltou a entrega de seus comandados na busca do empate, mas não deixou de criticar a atuação do árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva e o culpou pelo curso que a partida tomou.

Obviamente, gostaríamos de ganhar o jogo. Tenho que lamentar que não ganhamos, mas teve uma incidência fora do normal e marcou o jogo. Foi um erro absoluto e total do juiz. A partir daí, o empate foi bom. Estamos tendo decisões em cada jogo e o juiz apitou algo que não existiu. O responsável principal para que não tivéssemos ganhado foi o juiz. Não é justo. Damos o máximo para ganhar o jogo e um erro dessa índole afeta tudo“, declarou o comandante uruguaio.

Diego estava muito triste [no vestiário]. Foi uma injustiça. Perdemos um de nossos melhores jogadores e ainda fica suspenso. A partir do que aconteceu, não sei quem jogou melhor. O São Paulo lutou e superamos uma adversidade. É um ponto que acho que no final vai valer muito. Hoje, o jogo estava tranquilo, não tinha acontecido nada e aconteceu isso“, acrescentou.

Sem um centroavante de área com a expulsão, Aguirre apostou na entrada de Tréllez para ser a referência e foi à loucura quando viu o centroavante colombiano, que recusou oferta para deixar o clube na sexta-feira (31), aproveitar cruzamento de Régis para igualar o marcador.

Foi muito emocionante. Sentia que o que aconteceu e ainda tomamos um gol. Estava difícil para reverter a situação. Me senti representado pelo time. Talvez não jogando muito futebol, mas na entrega. Senti isso e comemorei com eles. Me senti representado pelo que vi dentro de campo“, finalizou.

Mesmo com o empate por 1 a 1 com o Tricolor carioca, o São Paulo chega aos 46 pontos, se mantém na liderança do Brasileirão 2018 – com quatro pontos na frente do vice-líder Internacional – e volta suas atenções para o duelo contra o Atlético-MG, na quarta-feira (5), em Belo Horizonte.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1 X 1 FLUMINENSE

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 2 de setembro de 2018 (Domingo)
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA)
Assistentes: Helcio Araujo Neves (PA) e Heronildo Freitas da Silva (PA)
Público: 49.348 torcedores
Renda: R$ 1.881.675,00
Cartão Amarelo: Tréllez (São Paulo); Jadson e Sornoza (Fluminense)
Cartão Vermelho: Diego Souza (São Paulo)
Gols: SÃO PAULO: Tréllez, aos 26 minutos do 2º tempo; FLUMINENSE: Anderson Martins (contra), aos 8 minutos do 2º tempo

SÃO PAULO: Sidão; Bruno Peres, Bruno Alves, Anderson Martins e Edimar (Régis); Hudson, Liziero (Luan) e Shaylon (Tréllez); Joao Rojas, Diego Souza e Reinaldo
Técnico: Diego Aguirre

FLUMINENSE: Júlio César; Léo, Ibañez, Digão e Ayrton Lucas; Richard, Jadson (Júnior Dutra), Dodi e Junior Sornoza (Luciano); Everaldo e Kayke (Matheus Alessandro)
Técnico: Marcelo Oliveira

Anúncios

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.