Futebol Home São Paulo Times

Sidão e Anderson Martins culpam falta de comunicação por gol contra do São Paulo

Goleiro e zagueiro dizem que barulho do Morumbi lotado atrapalhou a conversa entre eles

Sidão explicou o que ocorreu no lance do gol contra de Anderson Martins, neste domingo, no empate do São Paulo com o Fluminense por 1 a 1, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro. De acordo com o goleiro, o barulho no estádio atrapalhou a comunicação.


– Foi uma fatalidade. Saí gritando que a bola era minha, o estádio estava cheio, e ele não escutou. Uma fatalidade, acontece – declarou o goleiro.

O técnico Diego Aguirre, no entanto, tirou qualquer culpa pelo gol das costas de Sidão. Para o treinador do São Paulo, Sidão fez o certo ao sair do gol.

– Pelo que falei com os treinadores de goleiros, Sidão fez o que tinha de fazer. Foi na bola, fez o que tinha de fazer. Infelizmente, aconteceu de o Anderson Martins cabecear, mas faz parte. Sidão fez um bom jogo – analisou o treinador.

E Anderson Martins, autor do gol contra, corroborou a justificativa do goleiro.

– Lance de infelicidade, acontece. Quem está na defesa tem que cortar a bola, falta de comunicação, estádio lotado. Isso acontece. Vamos ressaltar a entrega da equipe, foi valente – completou o zagueiro.


Apesar do empate, o São Paulo segue com a liderança mantida após 22 rodadas, agora com 46 pontos. O Tricolor volta a campo nesta quarta-feira, às 21h45, para encarar o Atlético-MG, no Independência, em Belo Horizonte.

 

Globo Esporte

Anúncios

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.