Futebol Home São Paulo Times

Tréllez exalta futebol do São Paulo, revela sondagens, mas nega saída: ‘Quero ficar muito tempo’

Santiago Tréllez tem sido um dos reservas de ‘luxo’ no São Paulo. Foi por causa dele que o Tricolor se tornou definitivamente líder do Brasileirão, já que ele fez o gol da vitória contra o Vasco. O colombiano é suplente de Diego Souza no clube paulista, mas ele minimiza a disputa com o camisa 9.

 

Em entrevista, Téllez revela que aceitou jogar no São Paulo já sabendo da forte concorrência. Porém ele exaltou a amizade que tem com Diego Souza.

“Quando tomei a decisão de chegar ao São Paulo já sabia que a disputa seria forte, porque Diego Souza é um jogador de muita qualidade, muita experiência, bom pra caramba… Sabia que a concorrência seria forte, mas é sadia. Somos muito amigos dentro e fora do campo”, afirmou o atacante.

Tréllez aproveitou para exaltar o grupo do Tricolor onde não existe vaidade, e se empolgou ao elogiar o bom futebol praticado pela equipe comandada por Aguirre.

“Então estou contente porque o time está bem, está jogando bem pra c…. Feliz porque Diego está fazendo gols. Estou tranquilo. Sigo fazendo meu trabalho, esperando meu momento, porque quando o time precisar tenho que estar pronto”, afirmou.

Até o momento o atacante colombiano é o terceiro artilheiro do São Paulo no ano ao lado de Everton, cada um dois cinco gols. Nene, com 12, e Diego Souza, com 11, são os goleadores e vice, respectivamente.

PODE SIM FAZER DUPLA COM DIEGO SOUZA: ‘É UMA BOA ALTERNATIVA’

Apesar de não ser uma das preferências de Diego Aguirre, o camisa 17 afirma que pode sim atuar ao lado de Diego Souza. Mas ele enxerga que isso pode acontecer em alguns necessitários da equipe, dificilmente começando uma partida.

“Acho que a gente pode jogar juntos. Em alguns treinos já jogamos juntos e se entendemos bem. Nos jogos, por exemplo, como no Paulistão contra o São Caetano que tínhamos que ganhar, durante uns 15, 20 minutos jogamos juntos”, relembrou.

“É muito mais fácil também quando se tem dois atacantes na hora do cruzamento. Eu vou na bola, ela pode sobrar para ele ou acontecer o contrário. No jogo recente contra o Paraná atuamos cinco minutos juntos. Então pelas minhas características e as deles, podemos jogar juntos. Mas pode ser em algum momento, é uma boa alternativa para o time”, opinou.

TRÉLLEZ REVELA SONDAGENS, MAS NEGA SAÍDA DO SÃO PAULO

No início de agosto, o jornalista Gianluca Di Marzio afirmou que o Frozinone-ITA, mostrou interesse em Tréllez. Raí na época negou. O colombiano não citou times, mas revelou que chegou algumas sondagens e ressaltou a vontade de permanecer no Morumbi.

“Vem várias coisas para o São Paulo e chegaram de alguns lugares para mim também. Mas como falei com o treinador e com a diretoria, não quero sair. Eles estão pensando o mesmo: não querem que eu saia. Acho que vai ser importante contar com todas as peças para o Brasileirão. Não cheguei no São Paulo achando que ia sair em seis meses, um ano ou um ano e meio. A verdade é que quero ficar muito tempo aqui, tem muita coisa para mostrar para a torcida e é isso que eu quero”, desejou.

A janela para a saída de jogadores do futebol brasileiro para o exterior fecha no dia 31 de agosto. Tréllez já está decidido que vai continuar no Tricolor.

“Sou uma pessoa muito feliz dentro do São Paulo Futebol Clube, então vou dar tudo para ficar muito tempo aqui e dar alegrias para meu time, torcida e companheiros”, concluiu.

SÃO PAULO CHEGOU PRIMEIRO QUE O CORINTHIANS

A procura de um substituto para Jô, o Corinthians procurou o Vitória para saber da situação de Tréllez. Mas as conversas com o São Paulo já estavam adiantadas e o colombiano deu preferência ao Tricolor do Morumbi.

“Chegou (interesse do Corinthians). Quando finalizou o Brasileirão 2017, o primeiro time que contatou a gente (representantes e o Vitória) foi o São Paulo. A partir daí já começou as negociações. Só depois o Corinthians quis contratar, mas já tínhamos algumas coisas avançadas com o São Paulo. Foi aí que tomei a decisão de chegar ao São Paulo”, revelou.

TRÉLLEZ E O SONHO DA SELEÇÃO COLOMBIANA

Aos 28 anos, Tréllez ainda não teve a chance de atuar na seleção colombiana profissional. Ele vestiu o manto amarelo de seu país em 2007, pelo Sub-17. Com o fim da Copa do Mundo, ele confia que pode fazer parte do grupo que pode jogar a Copa América no Brasil, em 2019.

“Eu acredito sim. Acredito também no dia-a-dia do meu trabalho. Sei que estando em um time como o São Paulo tenho chances. Mas é uma coisa que vai depender do meu futebol, do que eu fizer no clube. A seleção colombiana vai ter uma reformulação, então vai depender muito do que fizer em campo. Estou muito confiante de que fazendo as coisas bem eu vou ter a possibilidade de chegar na seleção”, analisou.

 

Torcedores.com

Anúncios

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.