Futebol Home São Paulo Times

7 brasileiros sem contrato no exterior para seu clube contratar

O Campeonato Brasileiro já chegou à metade. Mas, mesmo assim, os times que disputam a primeira divisão ainda podem se reforçar para a disputa da reta final da principal competição interclubes do país.

O prazo para a inscrição de jogadores para a Série A termina no começo de setembro. Até lá, é possível buscar no Mercado da Bola atletas que possam ajudar a equipe a permanecer na elite, lutar por vaga na Libertadores ou até mesmo ser campeã.

Apresentamos abaixo sete jogadores brasileiros que estavam no exterior até pouco tempo atrás e que estão sem contrato. Ou seja, para contratá-los, não é necessário negociar com nenhum clube, só mesmo com seus respectivos empresários.

DIEGO CAVALIERI
Goleiro
35 anos

Dono da meta do Fluminense na conquista do título brasileiro de 2012 e por anos considerado um dos melhores goleiros do país, teve uma passagem relâmpago pelo futebol inglês na temporada passada. Diego Cavalieri passou quatro meses no Crystal Palace, mas não disputou sequer uma partida. Sem vínculo com nenhum clube, é uma boa opção para o time que deseja um camisa 1 bastante experiente.

GUILHERME SIQUEIRA
Lateral esquerdo
32 anos

O veterano lateral esquerdo nunca jogou como profissional no Brasil e passou a maior parte da carreira atuando no futebol espanhol. Guilherme Siqueira passou por Valencia, Benfica, Granada, Ancona, Udinese e Atlético de Madri, time com o qual tinha contrato até o meio de 2017. Desde então, está em busca de uma nova oportunidade profissional. Na última temporada, chegou a conversar com o Corinthians, mas o negócio não vingou.

TÚLIO DE MELO
Atacante
33 anos

Outro jogador que passou a maior parte da carreira no exterior, o ex-centroavante de Lille, Le Mans, Palermo e Valladolid até teve uma passagem interessante pela Chapecoense em 2017, mas preferiu ir jogar no Japão que permanecer no Brasil. Em junho, Túlio de Melo deixou o Avispa Fukuoka e foi embora do Oriente. Agora, procura um novo lugar para dar sequência à sua carreira.

WALLACE OLIVEIRA
Lateral direito
24 anos

Formado nas categorias de base do Fluminense, foi descoberto pelo Chelsea ainda na adolescência e acabou se mudando para a Inglaterra quando tinha 18 anos. Sem chances no clube londrino, foi emprestado a Inter de Milão, Vitesse, Carpi e Grêmio, mas não se firmou em lugar nenhum. O contrato com o Chelsea, clube pelo qual nunca jogou uma partida como profissional, chegou ao fim em julho.

JUNINHO
Volante
29 anos

Irmão de Ricardo Goulart (ex-Cruzeiro e atualmente no Guangzhou Evergrande), começou na base do São Paulo e construiu uma carreira de sucesso nos EUA. Juninho ganhou três títulos da MLS (Major League Soccer) pelo Los Angeles Galaxy e atuou ao lado de David Beckham e Bastian Schweinsteiger. Após ser emprestado ao Chicago Fire na temporada passada, não teve seu contrato renovado pelo mexicano Tijuana.

MICHEL MACEDO
Lateral direito
28 anos

Michel

Campeão da Libertadores-2013 pelo Atlético-MG, tem mais de 120 jogos da primeira divisão do Campeonato Espanhol ao longo da carreira. Na temporada passada, acabou rebaixado com o Las Palmas e deixou o clube. O lateral direito chegou a conversar com vários times brasileiros, como São Paulo, Flamengo e Corinthians, mas, pelo menos por enquanto, continua desempregado.

XANDÃO
Zagueiro
30 anos

Lembrado no Brasil graças à passagem pelo São Paulo, clube que defendeu durante dois anos, o zagueiro já atuou em Portugal (Sporting), Rússia (Kuban Krasnodar e Anzhi) e Espanha (Sporting Gijón). Na segunda metade da temporada passada, ajudou o pequeno Cercle Brugge a subir para a primeira divisão da Bélgica. Após a promoção, deixou o clube e ficou disponível no Mercado da Bola.

Anúncios

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.