Futebol Home São Paulo Times

“Cara” de São Paulo! Aguirre enaltece trabalho de “trio de ferro” no Tricolor

Se o ​São Paulo foi eliminado da Copa Sul-Americana, pode comemorar uma campanha no Campeonato Brasileiro que nem de longe lembra o temor vivido no ano passado, quando esteve por muito tempo na luta contra o rebaixamento. Com 38 pontos e na liderança da disputa, já tem o dobro de aproveitamento em relação ao primeiro turno do ano passado mesmo ainda faltando a rodada deste final de semana para se chegar à metade da competição. E muito deste trabalho tem a ver com a atuação fora das quatro linhas de um trio de ex-jogadores que é responsável por tocar o departamento de futebol.

Diretor executivo, Raí tem carta branca para tocar a sua gestão e, mesmo que troque ideias e apresente seus projetos ao presidente Carlos Augusto Barros e Silva, leva seu dia a dia sem a necessidade de interferência. Ou seja, é a cara de um processo de modernização implementado no principal eixo do clube. Ao seu lado, o ex-camisa 10 tem outros dois nomes que fizeram história vestindo a camisa tricolor. Ricardo Rocha é o elo entre o grupo de atletas e a direção, o que mostra que tem voz ativa dentro do vestiário para solucionar qualquer tipo de dúvida. Já Lugano, embora realize uma atividade mais institucional (reunião com patrocinadores, projetos sociais etc) também ajuda nas decisões internas, tanto é que teve papel fundamental na escolha de Diego Aguirre como treinador.

Cleyton123@Cleyton1236

Escalei 4 jogador do São Paulo + o Aguirre no Cartola kkkkkk puro clubismo

E o próprio técnico faz questão de ressaltar o quanto está sendo bom trabalhar com o trio. “Além de serem craques na profissão e futebolistas extraordinários, são pessoas sensacionais. Me sinto com apoio e confiança para podermos conversar de igual para igual. Obviamente haverá acertos e erros, mas com a convicção de que estamos tentando fazer o melhor para o São Paulo”, disse Aguirre. Com a serenidade de Raí, a calma de Ricardo Rocha e a fala forte de Lugano, o Tricolor, ao que tudo indica, se reencontrou.

Vagner Aguirre@sirvagner

Em muitos portais estão falando que o São Paulo é obrigado a ganhar o brasileiro. Nada disso, a obrigação é continuar lutando como o time está fazendo desde que o Aguirre chegou (bendita hora).

​​

Anúncios

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.