Futebol Home São Paulo Times

São Paulo reduz preço para vender Rodrigo Caio

Há um ano, o São Paulo exigia € 18 milhões (R$ 65,7 milhões na oportunidade) para vender Rodrigo Caio ao Zenit, da Rússia. Hoje, se um clube se dispuser a pagar algo em torno de € 12 milhões (R$ 51,5 milhões), terá toda a chance do mundo de ficar com o zagueiro. A redução no preço tem a ver com a falta de ofertas.

O Tricolor não recebeu sequer sondagens por Rodrigo Caio desde a parada da Copa do Mundo. Os boatos na imprensa italiana de que o Milan estaria disposto a contratá-lo nunca se confirmaram e Caldara, ex-Juventus, foi anunciado como reforço dois dias atrás.

O fato de Rodrigo Caio ter ficado fora da Copa do Mundo e não jogar há dois meses, por causa de uma cirurgia no pé esquerdo, ajudam a explicar a perda de visibilidade do zagueiro, de 24 anos, que também tem desejo de se transferir. O problema é o prazo. Em vários dos países europeus, a janela se encerra em menos de duas semanas.

Novela antiga:
A possibilidade de Rodrigo Caio se transferir se arrasta há três anos. Valencia, Atlético de Madrid, Real Sociedad, Hebei China Fortune e o já citado Zenit foram alguns dos interessados em levá-lo durante o período.

Salário salgado:
Se ficar no Morumbi, Rodrigo Caio correrá sério risco de ser o reserva mais bem pago do elenco. Com a última renovação, ele passou a ganhar R$ 400 mil por mês. E hoje parece difícil imaginá-lo no lugar de Anderson Martins ou Arboleda.

Anúncios

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.