Futebol Home São Paulo Times

São Paulo tem histórico de expulsões em torneios continentais

O São Paulo é favorito nesta quinta-feira., diante do Colón, às 19h30, no Morumbi, em jogo que abre a segunda fase da Copa Sul-Americana. No entanto, o Tricolor tem que ligar o sinal de alerta para outro adversário: o cartão vermelho.


O São Paulo recebeu 11 cartões vermelhos nas últimas 12 partidas que realizou em competições da Conmebol. Na atual edição da Sul-Americana, foram três nos dois jogos contra o Rosario Central, ainda pela primeira fase da competição: Rodrigo Caio, no primeiro tempo do 0 a 0 na Argentina, e Petros e Cueva, no Morumbi.

A lista ainda conta com João Schmidt, Denis, Calleri, Centurión, Maicon, Lugano e Wesley, expulsos ao longo da campanha do São Paulo até a semifinal da Libertadores de 2016, e Buffarini, que foi expulso na partida de ida contra o argentino Defensa Y Justicia, na primeira fase da Sul-Americana do ano passado.

Nenhum dos três expulsos nesta edição da Copa Sul-Americana está à disposição do técnico Diego Aguirre para enfrentar o Colón. Petros e Cueva foram vendidos, enquanto Rodrigo Caio ainda se recupera de cirurgia no pé esquerdo, realizada em maio.

No retorno após a pausa para a Copa do Mundo, o Tricolor tem convivido com suspensões. Everton levou o terceiro cartão amarelo e Araruna, um vermelho, diante do Flamengo e desfalcaram o time na rodada seguinte, diante do Corinthians. Para enfrentar o Grêmio, o São Paulo não teve problemas por cartão, mas viu Militão, Hudson e Arboleda receberem o terceiro amarelo e ficarem supensos da partida contra o Cruzeiro, no domingo. Em Belo Horizonte, Anderson Martins levou cartão e acabou suspenso também.

Nesta quinta-feira, diante dos argentinos, a questão disciplinar é um dos principais adversários do São Paulo, já que o adversário não é tão perigoso, em teoria. O Colón ficou somente na 11ª colocação entre os 28 clubes que disputaram a última Superliga Argentina. Eles venceram apenas 11 das 27 partidas que disputaram e somou 41 pontos. Na Sul-Americana, a equipe se classificou ganhando duas vezes do Zamora: 2 a 0 na Venezuela e 1 a 0 na volta.

O São Paulo tem condições de abrir vantagem neste primeiro confronto, basta se controlar para terminar a partida com 11 em campo e construir um placar com diferença significativa de gols sob seus domínios.

Confira o histórico de expulsões do São Paulo em suas 12 últimas partidas por torneios continentais:

São Paulo 2 x 1 River Plate – João Schmidt expulso (Libertadores-16)
The Strongest 1 x 1 São Paulo – Denis e Calleri expulsos (Libertadores-16)
São Paulo 4 x 0 Toluca – nenhum tricolor expulso (Libertadores-16)
Toluca 3 x 1 São Paulo – Centurión expulso (Libertadores-16)
São Paulo 1 x 0 Atlético-MG – nenhum tricolor expulso (Libertadores-16)
Atlético-MG 2 x 1 São Paulo – nenhum tricolor expulso (Libertadores-16)
São Paulo 0 x 2 Atlético Nacional – Maicon expulso (Libertadores-16)
Atlético Nacional 2 x 1 São Paulo – Lugano e Wesley expulsos (Libertadores-16)
Defensa Y Justicia 0 x 0 São Paulo – Buffarini expulso (Sul-Americana-17)
São Paulo 1 x 1 Defensa Y Justicia – nenhum tricolor expulso (Sul-Americana-17)
Rosario Central 0 x 0 São Paulo – Rodrigo Caio expulso (Sul-Americana-18)
São Paulo 1 x 0 Rosario Central – Cueva e Petros expulsos (Sul-Americana-18)

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.