Futebol Home São Paulo Times

Com Aguirre cotado para assumir o Uruguai, São Paulo confia na palavra do treinador

A Associação Uruguaia de Futebol elegerá um novo presidente na próxima terça-feira, e, com a definição do mandatário, deve se iniciar a busca para a contratação de um novo técnico para a seleção. Diego Aguirre é um dos favoritos, mas o São Paulo assegura que não teme perder o treinador.

A possibilidade de ser chamado para comandar a Seleção Uruguaia sempre existiu para Aguirre, e o assunto foi tratado logo na sua chegada ao Tricolor, em março. O técnico deu sua palavra de que cumprirá seu contrato com o clube até o final, e a confiança segue a mesma de que ele continuará comandando o time.

O treinador mantém tem contato muito próximo com os dirigentes do Tricolor e em conversa recente, inclusive, ressaltou que só não terminará a temporada se for demitido por falta de resultados.

Aguirre tem o desejo de comandar a sua seleção e não gostaria de recusar um possível convite. O que pode ocorrer é um acordo para que ele permaneça no São Paulo e assuma uma função exclusiva no Uruguai somente no ano que vem. Por conta disso, o São Paulo considera difícil a possibilidade de ter o técnico em 2019.

A definição do novo presidente da Associação Uruguaia de Futebol, é fundamental nesse cenário. Lugano é considerado como ponto importante para esse acordo de espera da seleção por Aguirre. Caso um mandatário com quem o ex-zagueiro e capitão da Celeste tenha um bom relacionamento for eleito, um acordo entre Uruguai e São Paulo pode ser facilitado.

Aguirre mal toca no assunto neste momento. A amigos, o técnico tem mostrado entusiasmo com o Tricolor e a possibilidade de ser campeão brasileiro anima o treinador.

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.