Futebol Home São Paulo Times

Clássico e versátil, Carneiro pode fazer sua estreia pelo São Paulo

O São Paulo deve ter uma novidade entre os reservas para o jogo contra o Flamengo, marcado para as 21h45 desta quarta-feira, no Maracanã. Está nos planos da comissão técnica relacionar o atacante Gonzalo Carneiro pela primeira vez justamente nesse confronto da 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. O uruguaio de 22 anos foi contratado no início de abril e precisou se livrar de problema no púbis para integrar definitivamente os trabalhos com todo o grupo.A última partida de Carneiro foi em novembro do ano passado, ainda pelo Defensor Sporting, de Montevidéu. Desde então, fez tratamento intensivo, até três sessões de fisioterapia por dia e aproveitou a Copa do Mundo para tirar o atraso em relação aos demais jogadores do São Paulo. No período de preparação antes da volta do Brasileirão, mostrou muita evolução física e rapidamente deu respostas técnicas.Em dois jogos-treinos, conseguiu marcar dois gols. O fato de não ser um centroavante fixo também agrada a Diego Aguirre, que o vê com as características mais próximas do titular Diego Souza, por exemplo. Carneiro se movimenta bastante, não só para buscar a bola, mas também para abrir espaço para quem chega de trás.

Carneiro têm sido elogiados pela comissão técnica de Aguirre

Nas categorias de base do Defensor, o uruguaio chegou até a jogar mais recuado, municiando um atacante mais avançado. Por isso, é possível até usá-lo como substituto de Nenê diante de eventuais necessidades. Como Diego Souza também já foi armador, os dois poderiam se revezar na criação das jogadas.

Gonzalo Carneiro também tem recebido elogios pela “classe” com que joga. Mesmo com 1,94m de altura, ele mostra desenvoltura para carregar a bola, com a cabeça erguida, e categoria nas finalizações. Sem a bola, porém, gosta de se entregar. Nos mesmos jogos-treinos em que marcou, também apareceu dando carrinhos para ajudar a pressionar a saída dos rivais. No Defensor, essa garra chegou a se transformar em problema pelo alto número de cartões amarelos.Ainda assim há cautela. O contrato de três temporadas e a juventude de um atleta visto como promissor na América do Sul fazem o Tricolor se precaver para não queimar etapas. Se houver necessidade de retomar os cuidados com a forma física de Carneiro, não hesitarão em preservá-lo.

Na camisa

O atacante foi apresentado antes da Copa, quando a Under Armour ainda era a fornecedora de materiais esportivos do São Paulo, e vestiu a camisa 19 com a inscrição “G. Carneiro” abaixo do número. Agora, com os novos uniformes, o uruguaio usará apenas “Gonzalo” e deve manter a numeração.

Anúncios

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.