Futebol Home São Paulo Times

Surpreso e fã de Kaká, Lucas e Pato: Rojas aceitou São Paulo ‘sem pensar’

Meia-atacante equatoriano de 29 anos não imaginava estar em um futebol 'cheio de talentos' como o brasileiro, já chega para ser titular e apresenta suas características

Aos 29 anos, Joao Robin Rojas Mendoza chega ao São Paulo já entre os titulares, e surpreso. O equatoriano vem treinando no novo clube nas últimas semanas, mas admite que não imaginava estar agora no futebol brasileiro. E já avisou que gosta de driblar, assim como Lucas, Kaká e Pato, suas referências ao falar do Tricolor.

– Quando vieram rumores que eu podia ser contratado pelo São Paulo, não acreditei. Lucas (do Tottenham) é o jogador que mais gosto, não perco uma partida dele. Kaká e Pato também passaram por aqui. Eu e minha família estamos muito felizes. Decidi sem pensar. Vou aproveitar ao máximo – disse o meia-atacante, que assinou por dois anos, renováveis por mais dois.

– Gosto de encarar os adversários. Gosto de fazer o um contra um e jogar pelos lados. Sou um jogador atrevido. Gosto de ajudar a equipe a conquistar bons resultados – comentou o meia-atacante, que recebeu de Raí, diretor-executivo, a camisa 23 do Tricolor nesta segunda-feira.

Rojas chega a pedido do técnico Diego Aguirre para substituir Marcos Guilherme, que ficou sem contrato com o clube foi para a Arábia Saudita. Revelado pelo Universitario, o equatoriano foi eleito o melhor jogador jovem do seu país em 2008 e 2009 e passou ainda pelo Emelec antes de jogar no México por Morelia e Cruz Azul e estava no Talleres, da Argentina, há um ano. Esteve na seleção que disputou a Copa do Mundo em 2014.

– Para mim, é muito importante saber que o treinador estava me observando e me chamou para jogar aqui. Fui pego de surpresa. Fiquei feliz por vir jogar aqui no Brasil. Há muitos jogadores com muito talento. Tenho que levar da melhor maneira e dar o meu máximo em cada partida. Estou um pouco nervoso para a estreia. Vou jogar da melhor maneira contra o Flamengo – apontou, já pensando no jogo desta quarta-feira, no Maracanã.

Ao longo de sua entrevista coletiva, Rojas se mostrou bem-humorado. A única pergunta que disse não ter entendido foi exatamente a que questionava por que ele não foi bem na última temporada, na Argentina, e acabou ajudado por uma tradução em espanhol de Bruno Peres, lateral-direito também apresentado nesta segunda-feira.

Confira abaixo outros trechos da apresentação de Rojas:

Passagem no México e na Argentina
Nas temporadas em que me sobressaí no México, creio que foi porque tive um treinador com outro esquema. Fiquei muito tempo no México e troquei de estilo. Na Argentina, é um futebol forte. É outra classe de jogo, outro estilo. Tem muita diferença. Mudar é bom.

Já chegar como titular
Não esperava que iria tão rápido ao time titular. Trabalho duro todos os dias para ganhar essa vaga. Se o professor me dá essa oportunidade, tenho que aproveitar a oportunidade. Vou aproveitar a máximo a partida contra o Flamengo para conseguir ficar com a vaga

Pronúncia certa do nome
É Joao Rojas. João, não (risos). Mas meu nome é Rojas mesmo. Só Rojas.

 

Lance

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.