Futebol Home São Paulo Times

O São Paulo nas últimas Copas do Mundo

Álvaro Pereira e Cueva foram os representantes do Tricolor em 2014 e 2018

O Site Oficial, finalizando uma série especial de um mês sobre a relação do São Paulo, jogadores, técnicos e dirigentes do clube, com a Copa do Mundo, retrata as edições de 2014 e 2018.
A COPA DO MUNDO DE 2014

A edição da Copa realizada no Brasil não contou com um atleta são-paulino sob as cores da seleção nacional. Alan Kardec esteve presente na lista de espera, de sete nomes, na convocação do técnico Luiz Felipe Scolari. Dois jogadores do plantel principal da equipe convocada tinham passagem pelo time profissional do São Paulo: Hernanes e Oscar (David Luiz, Victor e Hulk somente em categorias de base).

Se na equipe canarinho não houve jogador do Tricolor ativo, o mesmo não pode ser dito da Seleção do Uruguai. A Celeste levou para a Copa do lateral esquerdo Álvaro Pereira, atleta são-paulino desde o início de 2014. Pela equipe uruguaia, Álvaro fez três jogos na Copa do Mundo (vitórias contra Inglaterra e Itália, e a derrota para a Colômbia, nas oitavas de final). O time uruguaio também contou, novamente, com o ex-são-paulino Diego Lugano.

Como em 1950, quando o Tricolor hospedou a seleção do Uruguai na sede do Canindé, o São Paulo recepcionou duas equipes nas dependências do clube. A Seleção Colombiana, que alcançou as quartas de final da competição, se hospedou no Centro de Formação de Atletas “Presidente Laudo Natel”, em Cotia. Já a Seleção dos Estados Unidos, que avançou até as oitavas de final, foi recebida no Centro de Treinamento “Frederico Antônio Germano Menzen”, na Barra Funda.

A COPA DO MUNDO DE 2018

Foto: Divulgação/ Site Oficial

A Seleção Brasileira mais uma vez não contou com nenhum atleta são-paulino entre os 23 que disputaram a Copa. O tricolor Rodrigo Caio figurou na relação de nomes reservas, da lista de 35 jogadores, somente. Apesar disso, o torcedor são-paulino teve alguns nomes de grande identificação nessa seleção: Casemiro, meio-campista revelado pelo Tricolor, e Miranda, zagueiro tricampeão brasileiro pelo time do Morumbi entre 2006 e 2008. O terceiro goleiro, Ederson, também teve uma passagem rápida pelas categorias de base do clube.

Por outro lado, como em 2014, a Copa da Rússia contou com um atleta do São Paulo em campo defendendo outra seleção, que não a brasileira. O meio-campista Cueva participou da edição 2018 atuando com as cores do time do Peru. O jogador participou de três partidas, tendo atuado 262 minutos ao todo.

No primeiro jogo, contra a Dinamarca (0 a 1), Cueva sofreu um pênalti, mas errou a cobrança. Na segunda partida, pouco pode fazer contra a equipe da França, posterior finalista da competição (0 a 1), sendo substituído aos 37 minutos do segundo tempo por Ruidíaz. Por fim, na rodada final da primeira fase, contribuiu com um passe para gol (que sofreu desvio e não foi contabilizado oficialmente pela FIFA) na vitória da seleção peruana sobre a australiana (2 a 0).

 

saopaulofc.net

Anúncios

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.