Futebol Home São Paulo Times

Patrocinador exalta parceria e fala em prolongar vínculo com o Tricolor

O São Paulo lançou seus novos uniformes na última quinta-feira (12), no Morumbi. A principal novidade nas camisas é o retorno das faixas e do escudo para a região do peito, algo que não ocorria desde a versão utilizada no Mundial de Clubes de 2005.

Mas para isso, o Tricolor precisou do aval do Banco Inter, seu patrocinador máster, que cedeu o espaço nobre da camisa e desceu para a área do abdômen.

João Vitor Menin, presidente do Banco Inter., comentou sobre ceder o espaço na camisa. “O torcedor queria, era um desejo antigo”, disse. “Não fazia sentido a gente ser a pedra no sapato dessa campanha, então resolvemos descer a marca para de baixo das faixas, para colocá-las em destaque, que é o correto. Foi um passo importante. Acho que essas faixas vão ficar lá por um bom tempo. Talvez eternamente”, disse.

Ele ainda continuou dizendo que não importa onde a estará estampada na camisa. “O valor da marca não é ela aparecer mais ou menos. É muito mais a marca ter uma empatia boa com os 18 milhões de torcedores do São Paulo do que estar mais ou menos exposta na televisão. A gente vê a força das mídias sociais, a força do suporte da torcida. Sabemos que a decisão que foi tomada é a mais certa no longo prazo”, argumentou.

Segundo João Vitor Menin, o Banco Inter já pensa em estender seu vínculo com o Tricolor. O atual contrato é válido até 2020.

“É óbvio que essa é uma questão que não vai ser decidida hoje. Mas, se tivesse que tomar uma decisão de estender o contrato com o São Paulo, com certeza a decisão seria de estender por mais alguns anos, porque foi uma escolha superacertada que fizemos em 2017”, concluiu o executivo.

Anúncios

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.