Futebol Home São Paulo Times

Compra dos direitos e venda: saiba quanto o São Paulo lucrou com Petros

Faltou apenas três dias para Petros completar um ano de São Paulo. O Al Nassr, da Arábia Saudita, impediu o feito ao comprar o jogador. Mas em quase uma temporada com o camisa 6, o Tricolor conseguiu arrecadar quase R$ 10 milhões incluindo a compra dos direitos econômicos e a venda milionária do camisa 6 aos árabes.

Quando comprou Petros junto ao Bétis, o São Paulo pagou R$ 7 milhões por 50% dos direitos que pertenciam ao clube espanhol, de acordo com seu balanço financeiro divulgado no último dia de 2017 – 25% pertenciam ao Corinthians e os outros 25% estavam presos ao Hortolândia, clube controlado pelo grupo do empresário Fernando Garcia.

O Corinthians negociou sua parte com os representantes de Petros para sanar dívidas com os empresários. Com o ‘caminho livre’ com os agentes, o São Paulo pagou mais R$ 5,2 milhões para adquirir os outros 50% – valor que também foi divulgado em seu balancete.

Ou seja, ao todo o Tricolor gastou R$ 12,2 milhões para ter 100% dos direitos de Petros.

Parte do balanço financeiro divulgado pelo São Paulo

UM ANO DEPOIS O SÃO PAULO LUCRA COM PETROS

De acordo com informações do UOL Esporte e GloboEsporte.com, o São Paulo acertou a venda do ‘Pai de Família’ por R$ 22,1 milhões pelos 100% dos direitos do atleta.

Tirando a diferença dos gastos junto a venda milionária para o Al Nassr, o São Paulo lucrou R$ 9,9 milhões com Petros em menos de um ano.

Além do lucro, o volante de 29 anos se despede com 52 jogos disputados e um retrospecto de 20 vitórias, 16 empates e 16 derrotas. Em 2018 o jogador perdeu espaço e desde que Aguirre chegou, Petros passou a ser reserva no São Paulo.

 

Fonte: Torcedores.com

Anúncios

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.