Futebol Home São Paulo Times

Nenê se diz grato ao Vasco e revela se comemoraria gol contra ex-clube

Jogador do Vasco por três anos, o meia Nenê trocou no final de janeiro o Gigante da Colina pelo São Paulo, onde vive ótima fase tendo feito até o momento 10 gols e três assistências. Em entrevista ao canal do YouTube “De Sola”, do jornalista Alê Oliveira, o ex-camisa 10 explicou os motivos de sua saída do cruzmaltino e revelou gratidão ao clube que lhe deu espaço após 12 anos no exterior.

 

“Com relação à minha saída, estava tendo esse problema aí de salário, já tinham acontecido algumas coisas… as pessoas falam: “Já tem sua vida ganha”, não é bem assim… A gente trabalha para receber depois, as contas não param, a pensão não para… Então não é assim. Sou muito grato a quem me ajudou lá. Sou muito grato principalmente ao Eurico, que sempre cumpriu o que ele falou. O clube em si perdeu muito por causa dessa crise política. Mas eu sou muito grato ao Vasco”, disse.

Nenê foi questionado por um internauta se comemoraria gol pelo São Paulo contra o ex-time e não titubeou ao dizer que não faria isso.

“Se eu fizer um gol contra o Vasco eu não vou comemorar. Foi o time que acreditou em mim quando eu voltei para o Brasil, o carinho da torcida também. Eu falo que virei vascaíno, né? O tempo que eu estava lá foi muito bacana, eu tenho um carinho enorme pela torcida”, comentou.

O jogador também falou sobre qual é o clássico de maior rivalidade: São Paulo x Palmeiras ou Vasco x Flamengo. Dessa vez, ele ficou em cima do muro.

“Rapaz dá uma briga boa hein?! Os dois são clássicos muito disputados. Vou ficar no empate. Quando eu estava no Vasco se perdesse pro Flamengo era morte. A mesma coisa de quem estava no Flamengo. Everton estava me contando… lá era jogo da vida. Dá uma briga boa. Mas que seja uma rivalidade saudável né”, explicou.

 

Notícia: Torcedores.com

Anúncios

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.