Futebol Home São Paulo Times

Nenê participa de mais de um terço dos gols do São Paulo no Brasileirão

Meio-campista é o artilheiro da equipe no campeonato e tem sido o principal articulador das jogadas de ataque do Tricolor com o técnico Diego Aguirre

A empolgação da torcida do São Paulo com o desempenho de Nenê não é à toa. Líder técnico da equipe, o camisa 7 assumiu a responsabilidade no meio de campo e virou o símbolo de um Tricolor forte e competitivo. Além disto, o jogador vive grande fase e tem participado de mais um terço dos gols do time no Campeonato Brasileiro, sendo fundamental não apenas ao balançar as redes, mas também na construção das jogadas de ataque.


De todos os 18 gols feitos pelo time de Diego Aguirre na principal competição do país, mais de um terço deles passaram pelos pés de Nenê. Artilheiro da equipe e terceiro maior goleador de todo o Brasileirão, o meio-campista balançou as redes em seis oportunidades e ainda deu uma assistência para Tréllez, no jogo contra o Bahia, pela 5ª rodada. Ao todo, a participação de Nenê – que não entrou em campo nas partidas contra o Paraná e Internacional – é de 38,8% de todos os gols do São Paulo no Brasileirão.

Os números, que não são nada tímidos para apenas um jogador, ainda poderiam ser mais expressivos. Nem sempre o último passe antes da finalização para o gol é feito por Nenê, mas as jogadas passam por seus pés. Foi assim nos jogos contra o Fluminense, no Rio, quando Éder Militão marcou e diante do América-MG, em Minas, no terceiro e último gol da equipe naquela partida, anotado por Diego Souza. Se considerarmos os lances, a participação do camisa 7 nos gols do Tricolor sobe para 50%.

– Estou sendo apenas uma peça da equipe. Fico feliz em ajudar o time, mas o que vale realmente é o coletivo. Isso está sendo muito bom – disse o meio-campista ao ser questionado sobre sua importância no São Paulo.

Apesar do discurso do jogador, o técnico Diego Aguirre faz questão de ressaltar as qualidades de Nenê e relembrar a importância dele para a fluidez do jogo ofensivo do São Paulo no Brasileirão.

– É um jogador excelente, que está em alto nível e é um exemplo para os meninos e para todos os jogadores. Com 37 anos não é fácil marcar a diferença. É uma fase muito boa e tem muita vontade. Tomara que possa manter esse nível e continuar ajudando o time como está fazendo até agora.

Fonte: Lance

Anúncios

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.