Futebol Home São Paulo Times

Titularidade de Jean pode custar mais R$ 4mi ao São Paulo

Apesar de o São Paulo ser o 3º colocado no Brasileirão, Sidão ainda não conseguiu ganhar a confiança do torcedor. Mas trocar o goleiro titular por Jean, seu reserva imediato, pode custar alto para o Tricolor. Para ser mais preciso: R$ 4 milhões.

Tudo porque existe uma cláusula no contrato de compra de Jean junto ao Bahia, feita no fim de 2017, prevendo um bônus aos baianos caso o goleiro atue em 70% das partidas até julho de 2019. Desta maneira, além dos R$ 6 milhões investidos na contratação, o São Paulo ainda teria de depositar outros R$ 4 milhões.

Jean esteve em seis dos 35 jogos disputados pelo Tricolor na temporada, ou seja, apenas 17%. É difícil calcular com exatidão quantas partidas serão realizadas até a metade do ano que vem, por causa das variáveis como: classificação ou não para a Libertadores de 2019, campanha longa na Sul-Americana de 2018 e na Copa do Brasil de 2019…

De qualquer maneira, se Jean virasse titular após a parada da Copa do Mundo e não perdesse mais a posição, ele teria boas chances de alcançar os 70% de aproveitamento em julho de 2019 – tal conta inclui as 26 rodadas que restam do Brasileirão deste ano, eventuais seis partidas pela Sul-Americana e mais hipotéticos 40 jogos no primeiro semestre da próxima temporada.

O São Paulo garante ter R$ 4 milhões em seu caixa para liquidar a compra em caso de necessidade. Mas não dá para esconder que várias das últimas decisões sobre elenco também foram pautadas pela condição financeira. Por exemplo: o Tricolor aceitou o fim do empréstimo de Valdivia junto ao Inter para se livrar do salário do meia, na casa dos R$ 250 mil mensais. Até dezembro, ele embolsaria R$ 1,75 milhão.

Já Marcos Guilherme não foi comprado em definitivo do Atlético-PR por uma quantia parecida à prometida ao Bahia: R$ 4,3 milhões. O São Paulo ofereceu € 2 milhões (R$ 8,7 milhões) para ficar com o atacante em definitivo, mas ouviu que os paranaenses só fariam negócio por € 3 milhões (R$ 13,1 milhões) – Marcos Guilherme acabou indo para o Al-Wehda, time de Fábio Carille.

Nos seis jogos em que atuou pelo São Paulo, Jean tomou cinco gols, todos no Paulistão. Apesar da média inferior a um gol por jogo, o goleiro de 22 anos também cometeu falhas, como diante do São Caetano, na partida de ida das quartas de final do estadual – coincidência ou não, desde então, no dia 17 de março, ele não jogou mais.

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.