Futebol Home São Paulo Times

Análise: Com trio inspirado, São Paulo vence primeira fora de casa com Aguirre

Texto: Caio de Castro

Neste domingo, o São Paulo conseguiu uma vitória muito importante fora de casa contra o América-MG. Além de ser a primeira como visitante com Aguirre no comando, o Tricolor subiu três posições e está na quarta colocação. O “título” de único invicto se mantém após sete rodadas.

A partida começou bem movimentada, com Diego Souza abrindo o placar logo aos oito minutos, após boa jogada de Nene e cruzamento de Everton. Não demorou muito para o Coelho empatar. Aos 11 minutos, Rafael Moura recebeu passe de Norberto e chutou sem chances para Sidão.

Após o empate americano, o jogo perdeu um pouco o ritmo, mas as equipes continuaram criando oportunidades. No final da primeira etapa, Arboleda sofreu pênalti e Nene converteu. Não só fez o gol como bateu muito bem a penalidade.

O segundo tempo também começou movimentado. O Tricolor perdeu duas oportunidades antes de marcar o terceiro, com Nene de falta. Golaço!

Sem sofrer grandes sustos, o SP soube controlar a partida e trouxe um ótimo resultado para casa. O melhor em campo, indiscutivelmente, foi Nene. Não só pelo dois gols, mas também por participar de quase todas as jogadas de ataque tricolores. É o atual maestro do time e passa muita segurança para os companheiros!

Quem foi bem:

Além de Nene, Diego Souza e Everton tiveram papel muito importante na vitória de hoje. O camisa nove marcou o quarto gol em quatro jogos e tem mostrado maior participação durante a partida. O camisa vinte e dois deu a assistência do primeiro gol e também foi bastante participativo em outros lances.

Éder Militão e Arboleda também foram muito bem na parte defensiva. O lateral-direito consegue conciliar boa marcação e boas subidas ao ataque. O equatoriano dispensa comentários, é titular absoluto da defesa ao lado de Bruno Alves. Ganhou todas pelo alto e quase marcou de cabeça.

Quem foi mal:

O goleiro Sidão ainda não passa tranquilidade para a torcida tricolor. Mesmo com duas defesas importantes durante o jogo, quase entregou um tento para o América, após tentar cortar bola cruzada de soco. Acredito que enquanto Jean não estiver preparado, ele será o titular, mas não ficamos totalmente tranquilos com ele na meta.

Ainda não entendi a escalação de Araruna como titular, explica isso Aguirre. O volante jogou pelo lado direito do ataque e não conseguiu dar continuidade em pelo menos três boas jogadas. Eu preferia que o uruguaio escalasse Valdívia, Lucas Fernandes ou Shaylon, pois são mais rápidos e criativos.

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.