Futebol Home São Paulo Times

Há dois meses no São Paulo, Carneiro ainda não tem previsão de estreia

Fonte: Gazeta Esportiva

Gonzalo Carneiro foi anunciado como novo reforço do São Paulo no último dia 2 de abril. Desde então, o atacante alternou dias trabalhando com o restante de seus companheiros e outros com a presença apenas de um preparador físico por conta de uma pubalgia, problema físico que não o permite ir a campo desde novembro do ano passado, quando ainda defendia o Defensor, do Uruguai.

Tido como uma aposta para o setor ofensivo tricolor, Carneiro ainda lida com uma instabilidade considerada normal para o departamento médico do São Paulo. Mesmo recuperado de uma pubalgia, o jogador pode sentir incômodos mais fortes dependendo da atividade, o que impossibilita qualquer previsão mais exata de seu retorno aos gramados. Há dias em que o uruguaio sente mais a região. Em outros, menos.

Após se destacar no futebol uruguaio, Carneiro chegou a ser cogitado no Grêmio, que desistiu de sua contratação ao ficar sabendo do problema físico um tanto quanto complexo que o atacante vinha lidando desde o fim do ano passado.

Diferentemente do Tricolor gaúcho, a diretoria são-paulina optou por tratar o jogador no Reffis e para contratá-lo chegou a enviar o superintendente de relações institucionais do clube, Diego Lugano, até o Uruguai para encontrar com seu compatriota e discutir sobre a vinda dele ao Brasil.

Além de Lugano, Carneiro também conta com outros conterrâneos no São Paulo que acreditam em seu potencial. O técnico Diego Aguirre já tem uma noção do que o atacante pode render por acompanhar o futebol de seu país e espera vê-lo em breve brigando por uma vaga no time titular com Diego Souza e Santiago Tréllez. Resta saber quando o jogador, enfim, estará livre de uma vez por todas dos incômodos na região do púbis que tanto o assombram nestes últimos meses.

Anúncios

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.