Futebol Home São Paulo Times

Aguirre busca reposições para o elenco; três jogadores podem deixar o clube

Fonte: Globo Esporte

O São Paulo trabalha com a possibilidade de perder jogadores na próxima janela de transferências, entre junho e julho, e o técnico Diego Aguirre, claro, já está atento às reposições das possíveis baixas no elenco.

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, no CT da Barra Funda, o comandante adotou certa cautela, mas admitiu que tem nomes na manga para reforçar o São Paulo. Tanto nas categorias de base quanto no mercado.

– Sobre a janela, é normal. O São Paulo tem bons jogadores que podem ir para outros mercados. Faz parte. Não estamos pensando em reforços, mas sim temos alguns nomes, caso algum jogador saia, para que seja um por outro. Se sai um jogador, pode vir outro. Em diferentes posições – destacou Aguirre.

– Temos uma lista com jogadores da base que seguramente vão poder fazer parte, como agora Helinho está treinando conosco. Treina aqui e joga no sub-20. Dá preparação ao jogador. E também temos a ideia de que algum jogador possa vir. E temos opções de fora, dependendo das vendas dos jogadores, que pode ser Cueva ou algum outro. Aí teríamos de substituir rapidamente. Mas é algo normal. A base do time vai ficar, isso é mais importante. Um, dois ou três podem sair, no máximo – completou o comandante.

O Tricolor acredita que os principais alvos estão no setor defensivo. O principal é Éder Militão, que tem contrato até janeiro de 2019 e está com renovação emperrada.

– Não quero falar de algo que pode acontecer. É um jogador importante e tem contrato. Não quero adiantar um possível problema do futuro. Principalmente o jogador e nós temos de pensar no próximo jogo. Depois, se sai em junho, aí falarei. Não penso que é algo 100% definido. É uma possibilidade: pode ser em junho ou dezembro – destacou o técnico.

Arboleda é prioridade para permanecer. O zagueiro está em alta e recentemente renovou contrato até 2022. O mais provável é que Rodrigo Caio deixe o Tricolor se receber uma oferta vantajosa. Cueva também deve deixar o clube e pode nem voltar ao São Paulo depois da Copa do Mundo – ele vai defender a seleção do Peru.

O São Paulo volta a campo neste domingo, em clássico contra o Santos, às 16h (de Brasília), no Morumbi, pela sexta rodada do Brasileirão.

Anúncios

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.