Futebol Home São Paulo Times

Nenê, Militão e Carneiro: veja as chances de cada um jogar na quarta

Nesta terça-feira, véspera do duelo decisivo pela primeira fase da Copa Sul-Americana, o centro das atenções no São Paulo será o departamento médico. De lá sairão as notícias que definirão a lista de relacionados e a escalação da equipe para enfrentar o Rosario Central-ARG, no Morumbi.

 

Nenê e Éder Militão são as principais dúvidas. O meia deixou o segundo tempo da partida com o Atlético-MG, no último sábado, com dores na coxa esquerda, ao passo que o zagueiro e lateral direito sentiu um incômodo no adutor durante o aquecimento e foi cortado do confronto.

A boa notícia para a torcida é que, já no domingo, ambos foram submetidos a exames médicos que não detectaram estiramento muscular, o que fatalmente os tirariam da partida diante dos argentinos. No mesmo dia, iniciaram tratamento em período integral no Reffis, que teve sequência na última segunda-feira.

Éder Militão precisa se recuperar de um incômodo no adutor para ser relacionado por Aguirre (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

Aos 36 anos, em meio à maratona de jogos nesta temporada, Nenê vem surpreendendo positivamente. É o único atleta do elenco que foi escalado como titular em todas as 11 partidas de Aguirre à frente do time e está confiante em sua reabilitação. “Correndo contra o tempo”, escreveu em seu perfil no Instagram, no último domingo.

O panorama é parecido para Militão. O versátil jogador raramente tem problemas de lesão. Prova disso é que participou de 24 dos 27 jogos do São Paulo em 2018. Assim como o meia, dependerá de sua evolução nas próximas horas para ser liberado pelo departamento médico.

No entanto, ambos ainda precisarão do aval de Aguirre. O treinador, como é sabido pelo DM, não gosta de escalar jogadores sob o risco de lesão. Desta forma, a dupla terá de estar 100% fisicamente ou perto disso para entrar em campo. Caso isso não ocorra, a tendência é que Anderson Martins e Cueva os substituam no time titular.

Já Gonzalo Carneiro ainda está aprimorando a forma física e não deve estrear nesta quarta-feira (Foto: Érico Leonan/SPFC)

Além deles, o centroavante Gonzalo Carneiro também ganhou holofotes nos últimos dias. Na semana passada, recuperado de uma lesão no púbis, o uruguaio realizou os primeiros treinos com o grupo e avançou em seu processo de aprimoramento físico, gerando expectativas sobre a sua estreia com a camisa tricolor.

Neste caso, contudo, a situação é mais complicada. Apesar da evolução, o ex-Defensor-URU ainda não se mostra totalmente seguro durante os treinos. Nesta segunda-feira, por exemplo, atuou como curinga para ser protegido de eventuais choques mais fortes com seus companheiros.

Também deixou o campo com a mão na região posterior da coxa direita, indicando que requer mais dias de trabalho para ficar à disposição. Diante de tal cenário, as chances de Carneiro estrear contra o Rosario são mínimas.

Como o jogo de ida terminou empatado sem gols, o vencedor desta quarta-feira se classificará à segunda fase. Um novo 0 a 0 levará a decisão para os pênaltis. Já um empate com gols dará a vaga aos argentinos.

Desfalque certo

Rodrigo Caio é o único desfalque certo para a decisão desta quarta. O zagueiro, que já admitiu estar chegando a hora de deixar o São Paulo, foi expulso no jogo de ida e terá de cumprir suspensão na volta. Bruno Alves será o seu substituto. No momento, o camisa 3 se recupera de uma torção no pé esquerdo que o tirou dos últimos dois jogos pelo Brasileiro.tmb

Anúncios

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.